Fui muito feliz nessa aldeia

Maria de Fátima Amaro, natural de Orjais, viveu algum tempo em Aldeia do Souto e partilhou-nos as suas recordações.

“Eu vivi alguns anos em Aldeia do Souto, frequentei lá a escola. As lembranças que guardo são as dos bailaricos, das pessoas da aldeia e de todos os momentos por lá passados. Há coisas na aldeia hoje em dia que não conheço como é o caso do miradouro e do forno comunitário mas o parque de merendas e o campo de futebol sim, era onde íamos todos os domingos ver os rapazes jogar à bola. Fui muito feliz nessa aldeia. Depois de me ter casado ia lá passar todos os fins-de-semana à quinta dos meus pais. Há 22 anos que vim viver para França.”

Partilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *